Mercado de trabalho para administradores

mercado-de-trabalho-administracao

Um dos cursos mais procurados por quem entra na faculdade, a graduação em administração oferece ao profissional diversas oportunidades de atuação, já que praticamente todos os tipos de negócios ou empreendimentos demandam serviços administrativos. Trata-se de profissional que atua nas áreas vitais da organização com formação ampla que permite trabalhar nas áreas de marketing, produção/operações, finanças e gestão de pessoas. Em entrevista concedida ao blog, o chefe de departamento de Administração da UPIS, Gilmar dos Santos Marques, fala um pouco sobre a carreira de administrador e revela como está o mercado de trabalho. Segundo ele, os números revelam um mercado aquecido, com mais 1.700 cursos no país e mais de 800 mil alunos matriculados. Confira entrevista!

 

Quais as principais atribuições de um profissional graduado em Administração?

As atribuições do profissional formado em Administração estão alinhadas com o conceito de Administração como ciência, que é “tomar decisões sobre objetivos e recursos organizacionais”. Recursos estes que a organização pode ter ou não, como, por exemplo, a busca de recursos financeiros por meio de financiamento para investimento fixo ou para capital de giro. O administrador deve ser um agente da inovação na organização, seja ela pública ou privada. As decisões podem ser nos âmbitos estratégico, tático e operacional.

Em quais áreas pode atuar?
Para atuar como administrador, o profissional deverá ingressar com o pedido de registro no CRA, da sua Unidade de Federação. Se pensarmos em grandes áreas de atuação, o administrador poderá atuar no dia a dia nas seguintes funções:

Gestão Estratégica - Administração de sistemas de informações; desenvolvimento, implantação e gestão de planejamento, novas estruturas organizacionais, projetos de melhoria, eficiência e eficácia (enxugamento, terceirização, downsizing, reengenharia, reestruturação, inovação empresarial); consultoria organizacional; gerência corporativa; responsabilidade social e ética empresarial; governança corporativa e, diagnóstico empresarial. Modelagem e simulação de negócios.

Finanças – Orçamento; custos; planejamento e gestão financeira; demonstrativos financeiros; análise de crédito; diagnósticos financeiros; controladoria; análise e gestão de investimentos; contabilidade gerencial; análise de risco; mercado de capitais; mercado de câmbio.

Marketing - Análise de mercado; promoção e propaganda; pesquisa mercadológica; vendas e distribuição; desenvolvimento de produto; trade marketing; gestão de marcas; comportamento do consumidor; varejo; segmentação; e posicionamento.

Produção e Operações - Planejamento e gestão de sistemas de produção; logística; pesquisa operacional; programação e controle estatístico de qualidade; estatística aplicada à produção; controle de eficiência; fluxograma de produção; controle de materiais e bens patrimoniais; compras; desenvolvimento de fornecedores; planejamento, implantação e gestão de sistema de qualidade total; planejamento e controle de produção; desenvolvimento e gestão de projetos relacionados à questão ambiental.

Recursos Humanos - Planejamento e gestão de pessoas; recrutamento e seleção; treinamento e desenvolvimento; gerenciamento da remuneração; análise e descrição de cargos; desenvolvimento de carreira; avaliação de desempenho; desenvolvimento e gestão de planos de incentivos; gestão de programas de benefício; desenvolvimento organizacional (gestão de clima e cultura organizacional); comunicação interna; negociação coletiva e relações sindicais; segurança e saúde (medicina) do trabalho.

Deve-se ressaltar que, quanto mais complexa for a empresa, mais específico será o trabalho do administrador, o que exige conhecimento mais aprofundado de cada tema envolvido no dia a dia.

Quais empresas demandam mais administradores?

Como você pode observar, de acordo com as áreas de atuação listadas anteriormente, praticamente todos os tipos de negócios ou empreendimentos demandam serviços profissionais de um administrador. Trata-se de profissional que atua nas áreas vitais da organização com formação ampla que permite trabalhar nas áreas de marketing, produção/operações, finanças e gestão de pessoas. Deve-se destacar que estas áreas estão presentes em organizações públicas, privadas e do terceiro setor.

Como está o mercado de trabalho para o profissional graduado na área?

O mercado na área de administração é um pouco aquecido até mesmo pela grandeza dos números, pois são em torno de 1.700 cursos no país, que contam com mais de 800 mil alunos matriculados. O Sistema CFA/CRA contabilizou, em junho de 2013, um total de 332 mil profissionais registrados.

Qual a média salarial para administradores?

Não existe um piso salarial, mas no início da carreira é em torno de R$ 2.000,00, chegando ao final na faixa de até 30 vezes o valor inicial.

Existe um perfil ideal para quem deseja atuar na área?

O administrador deve ser um profissional com visão sistêmica, aspecto amplamente trabalhado na formação do administrador, o que proporciona a ele a capacidade de enxergar todas as interfaces da empresa, ou seja, trabalhar e interagir com os setores.

Todos os anos, milhares de pessoas se formam em graduação. O que deve fazer o profissional que deseja se destacar no mercado de trabalho?

Deve especializar-se em uma das grandes áreas de atuação, estudar continuamente sempre na busca de novos conhecimentos que possam agregar valor à carreira profissional.

Há espaço para esse profissional em órgãos públicos? Se sim, em quais órgãos e para quais cargos?

Sim. Com base nesta perspectiva, o sistema CFA/CRA criou a Câmara de Gestão Pública que tem como foco contribuir para a melhoria da Administração Pública, iniciando um trabalho de apoio aos novos prefeitos que tomaram posse em 2013, com a elaboração uma cartilha contendo informações básicas, para que estes pudessem ter um “plano de voo”, para os seus primeiros meses de governo. Para ratificar esta opinião vamos relembrar Drucker[1] que afirmou que não há país subdesenvolvido, e sim países subadministrados.

Como é o curso de graduação em Administração da UPIS? Qual o diferencial?

O curso de administração da UPIS está entre os melhores no Distrito Federal e muito bem posicionado na região Centro-Oeste. Possui um quadro de docentes altamente qualificados com professores Doutores, Mestres e Especialistas, conciliando experiência acadêmica e empresarial. O diferencial do curso da UPIS é uma opção muito clara por formar profissionais empreendedores. No Trabalho de Conclusão de Curso – TCC, os alunos elaboram um Projeto Empresarial que envolve o planejamento de necessidade de pessoal, Estudo de Mercado, Plano Operacional e Plano Financeiro, incluindo a estruturação de negócio e que possa obter financiamento com recursos do BNDES e do FCO.  Tudo para que possam aplicar os seus conhecimentos em prol da sociedade, seja em um empreendimento próprio, ou trabalhando em empresas privadas de pequeno, médio e grande porte (AMBEV, MONGERAL SEGUROS, BANCOS e etc.), ou empresas públicas como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Correios. Aqueles que optam pelo setor público podem levar conhecimentos de empreendedorismo para aplicar na Gestão Pública.


[1] Peter F. Drucker – O maior pensador na área de administração no séc. XX.

Esta entrada foi publicada em Administração e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Mercado de trabalho para administradores

  1. José Maria disse:

    Outro dia fui perguntado pelo um jovem, se vale a penas fazer um curso na área de administração respondi: Que é bom, porem ramo está meio saturado, pois existem muitos profissionais nessa área, no entanto conhecimento é sempre conhecimento.
    Mais acredito há muito a ser feito para que a profissão seja reconhecida no Brasil e isso só depende de nós administradores e estudante da administração, buscar o reconhecimento de nossa profissão, juntamente com as faculdades que deveria repensar as suas metodologias de ensinos, buscando alinhar a real necessidade do mercado há sua metodologia de ensino bem como vivenciar na pratica o ensino lecionados na sala de aula buscando parceria com as empresas e o conselho regional de administração (CRA) e o conselho federal de administração (CFA) que já possui projeto onde somente pessoas com o referido curso poderão atuar em áreas administrativas tornando assim um sonho distante em realidade, que é o reconhecimento da profissão e a colocação dos recém formados no mercados de trabalho.

  2. Jessica disse:

    estou procurando sobre o ciclo de vida do setor da Administração você sabe e responder?

  3. Jessica disse:

    ciclo de vida do setor da Administração você sabe e responder?

  4. Pingback: Mercado de trabalho para administradores. | Blog do Professor Violin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>